Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube     Siga-nos por RSS
 
    Início    Noticias
ACT no Grupo ZURICH - Lutar pelos Direitos fundamentais
02 Out 2018
ACT no Grupo ZURICH - Lutar pelos Direitos fundamentais
ACT no Grupo ZURICH - Lutar pelos Direitos fundamentais

O SINAPSA nas reuniões para a celebração do Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) para o Grupo ZURICH tem apresentado propostas que asseguram direitos fundamentais aos trabalhadores.

Até ao momento, a ZURICH tem mantido uma postura de alguma intransigência à mesa das negociações, usando este mecanismo com o objectivo de estabelecer um ACT que intensifique a exploração dos trabalhadores, retirando-lhes direitos e rendimentos.

Deste modo, será muito difícil haver entendimento para a assinatura do ACT.

Com o SINAPSA haverá acordo se forem contemplados direitos fundamentais em matérias tão estruturantes como: 

√ A actualização da Tabela Salarial e do Subsídio de Refeição em percentagens de aumento que traduzam alguma recuperação do poder de compra perdido nos últimos anos;

√ A consignação dos Prémios de Antiguidade como o verdadeiro mecanismo de diferenciar a permanência do trabalhador e a sua consequente experiência e saber profissionais ao serviço das empresas do Grupo ZURICH;

√ A existência de Carreiras Profissionais que reflictam a natureza das Funções exercidas por cada trabalhador e a sua progressão profissional através do recurso ao mecanismo automático das Promoções Obrigatórias;

√ O pagamento de Subsídio de Turnos (Suplementos de Retribuição de 20% e 25%) aos trabalhadores que, por força deste tipo de horários rotativos, têm maior desgaste físico e psicológico comparativamente à generalidade dos trabalhadores com outro tipo de horários.

Já recusamos a intenção da ZURICH de defender a extensão dos horários de trabalho com o recurso à adaptabilidade e Banco de Horas. É inaceitável esta proposta.

O SINAPSA também não aceita que para as avaliações de desempenho não seja considerada uma comissão de recurso que possibilite a defesa do trabalhador em caso de discordância da avaliação.  

Estes são exemplos de algumas propostas que temos debatido com a empresa, deixando claro que o nosso compromisso é com os trabalhadores no respeito e salvaguarda pelos seus direitos fundamentais. O acordo que vier a ser alcançado tem que contemplar os direitos que enunciamos.  

Contamos com a participação de todos os trabalhadores do Grupo ZURICH no apoio e fortalecimento da nossa posição nestas negociações.


JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!


COMUNICADO N.º 42 - OUTUBRO 2018

 
 
Porto
Rua Breiner, 259, 1º
4050-126 Porto
T + 351 222 076 620 | F + 351 222 052 216
geral@sinapsa.pt
Lisboa
Rua Cidade de Liverpool, 16 C – R/C Dto
1170-097 Lisboa
T + 351 218 861 024 | F + 351 218 861 024
lisboa@sinapsa.pt
Coimbra
Rua Padre Estevão Cabral, 120, 1º Sala 101
3000-117 Coimbra
T + 351 239 842 515 | F + 351 222 052 216
coimbra@sinapsa.pt
Copyright SINAPSA | 2018 | Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins | Desenvolvido por Portugal Interactivo