Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube     Siga-nos por RSS
 
possvel um ACT com direitos!
27 Jul 2017
 possvel um ACT com direitos!
possvel um ACT com direitos!



O SINAPSA celebrou com o Grupo AGEAS um Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) que preserva direitos fundamentais, consignados no CCT de 2008, tais como:

● Carreiras Profissionais com Promoções Obrigatórias

● Suplementos / Subsídio de Turnos

● 35 Horas de Trabalho Semanal

● Tabela Salarial com Níveis remuneratórios

● Prémios de Antiguidade / Diuturnidades

● Complemento de Subsídio por Doença (pagamento dos 3 primeiros dias)

● Dias de Licença com Retribuição

● Duração das Férias (25 dias úteis)

Este ACT prevê a actualização da Tabela Salarial e Subsídio de Refeição para 2017 (com efeitos retroactivos a 1 de Janeiro) e 2018:

Ano

Aumento Tabela Salarial

Subsídio de Refeição

2017

1,8%

10,00 € / dia

2018

1,3%

10,15 € / dia

Exemplo do aumento salarial para um trabalhador do Nível X:

Remuneração Actual

Aumento Salarial 2017

Aumento Salarial 2018

1.053,11 €

1.072,07 €

1.086,01 €

O SINAPSA pautou a sua actuação neste processo negocial com o único objectivo de garantir os direitos dos trabalhadores, porque alguns, mais uma vez, se preparavam para assinar a proposta que apresentaram e que destruía tudo o que está no CCT de 2008, como o fizeram quando assinaram o CCT de 2012 e o ACT de 2016.

Foi a postura sindical interventiva e de classe do SINAPSA que impediu um acordo idêntico ao ACT de 2016, que retiraria direitos fundamentais (Promoções Obrigatórias e Prémios de Antiguidade, nomeadamente) e impunha a Adaptabilidade, o Banco de Horas e as Bandas Salariais. Eliminaria também os Suplementos de Turno de 20% e o pagamento do Complemento por Doença somente a partir do 3.º dia, como acontece com a generalidade dos trabalhadores da actividade seguradora.

Resultado da nossa intervenção, foi ainda possível negociar um Plano Individual de Reforma (PIR) para todos os trabalhadores, de valor igual a 3,35% sobre a retribuição base anual, com efeitos retroactivos ao começo do segundo ano de prestação de serviço efectivo na empresa.

Fica claro e inequívoco que é possível negociar uma convenção colectiva de trabalho com mais direitos daqueles que a maioria das seguradoras aplica, sem abdicar do papel sindical e de classe na defesa dos direitos dos trabalhadores.

Tudo isto foi possível devido à resistência dos trabalhadores na defesa dos direitos consignados no CCT de 2008.

O SINAPSA enviou processos negociais idênticos às seguradoras: FIDELIDADE; SEGURADORAS UNIDAS; LIBERTY; ZURICH; LUSITANIA; GENERALI; CARAVELA; ALLIANZ; EUROP ASSISTANCE; MAPFRE ASISTENCIA.


O SINAPSA SEMPRE COM OS TRABALHADORES!

JUNTOS SOMOS + FORTES!


COMUNICADO N.º 31 - JULHO 2017

 
 
Porto
Rua Breiner, 259, 1º
4050-126 Porto
T + 351 222 076 620 | F + 351 222 052 216
geral@sinapsa.pt
Lisboa
Escadinhas da Barroca, 3 - A
1150-062 Lisboa
T + 351 218 861 024 | F + 351 218 861 024
lisboa@sinapsa.pt
Coimbra
Rua Padre Estevão Cabral, 120, 1º Sala 101
3000-117 Coimbra
T + 351 239 842 515 | F + 351 222 052 216
coimbra@sinapsa.pt
Copyright SINAPSA | 2014 | Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins | Desenvolvido por Portugal Interactivo