Siga-nos no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube     Siga-nos por RSS
 
    Início    Agenda
Retrato de famlia - O Pelicano | Tatuagem
2017-10-12 at 2017-10-29
Retrato de famlia - O Pelicano | Tatuagem
Retrato de famlia - O Pelicano | Tatuagem

12-21 out
O Pelicano
De August Strindberg

25-29 out
Tatuagem

De Dea Loher
Encenação
Manuel Tur



Tradução
Gastão Cruz (O Pelicano), José Maria Vieira Mendes (Tatuagem)
Cenografia
Ana Gormicho
Figurinos
Anita Gonçalves
Desenho de luz
Francisco Tavares Teles
Desenho de som e sonoplastia
Joel Azevedo
Direção de produção
Rosa Lopes Dias
Interpretação
Ângela Marques, Iris Cayatte, Romi Soares, Simão Do Vale, Tiago Correia (O Pelicano); Ângela Marques, Belisa Branças, Eduardo Breda, Maria Quintelas, Rodrigo Santos (Tatuagem)
Coprodução
A Turma, TNSJ
Apoio
Fundação GDA

"Enquanto houver cenas de família haverá questões a colocar ao mundo." A máxima de Roland Barthes poderia servir de lema a Retrato de Família, projeto de Manuel Tur e d'A Turma cuja primeira etapa é coproduzida pelo TNSJ. Uma casa, duas famílias: um mesmo cenário acolhe, com escassos dias de diferença, a família de O Pelicano, de Strindberg, e a família de Tatuagem, de Dea Loher. Obras que distam quase um século e nos lançam no epicentro de redutos familiares que, em vez de se oferecerem como lugares de afetividade e segurança, se revelam opressivos espaços de enclausuramento. Peça que serviu a Strindberg para fundar essa dramaturgia da subjetividade a que chamou "teatro íntimo", O Pelicano (1907) confronta-nos com uma família cujo sonambulismo é interrompido pela morte do pai: a ficção que sustenta o universo familiar desaba e o acesso à verdade desencadeia um desejo da morte como única forma de redenção do passado. Se neste clássico da dramaturgia moderna a mãe assume uma preponderância alegórica - é ela "o pelicano que, com o seu próprio sangue, alimenta os filhos" -, no texto da dramaturga alemã Dea Loher é o pai quem se afigura uma tatuagem: "uma marca para a vida toda, o sinal paterno que nunca se apaga"... História de um pai soberano que estende o seu poder pelo corpo das filhas, Tatuagem (1992) possui contornos de um conto-de-fadas profundamente negro e desconcertante, inscrevendo-nos de outro modo na morada arquitetada por Strindberg: "uma câmara propícia às confidências". 

Para mais informações, consulte o site

Porto
Rua Breiner, 259, 1º
4050-126 Porto
T + 351 222 076 620 | F + 351 222 052 216
geral@sinapsa.pt
Lisboa
Escadinhas da Barroca, 3 - A
1150-062 Lisboa
T + 351 218 861 024 | F + 351 218 861 024
lisboa@sinapsa.pt
Coimbra
Rua Padre Estevão Cabral, 120, 1º Sala 101
3000-117 Coimbra
T + 351 239 842 515 | F + 351 222 052 216
coimbra@sinapsa.pt
Copyright SINAPSA | 2014 | Sindicato Nacional dos Profissionais de Seguros e Afins | Desenvolvido por Portugal Interactivo